quinta-feira, novembro 22, 2012

INFERNO (22/11/2012)


Vejo um céu cinzento por cima das casas altas, torres e edifícios
Uma escura neblina que se forma, vultos que sobrevoam rapidamente, um mar de suplícios
Chega aos meus ouvidos de maneira hostil em um milésimo de segundo.
 Sinto calafrios por todo o corpo, e um arder intenso em meu peito doente
 Abro no impulso a porta da sala , e saio em disparada afoito pelas ruas com a agonia à minha frente
 Entristecendo-me dos pés à cabeça, e direcionando os meus passos confusos para um apocalíptico mundo.

Vejo um céu cinzento por cima das casas altas, torres e edifícios
 Um sangue escuro e com forte odor pelas calçadas, todos os indícios
De que algo muito ruim aconteceu nessas ruas e ainda acontece nessa macabra madrugada.
Grito com todas as forças, e tento ouvir alguém em meio a tanto caos, mas nada se percebe
 Meu corpo mergulha em um oceano de medo, quando percebo que algo me segue
Aos montes surgem um pouco acima dos fios de alta tensão, com mandíbulas à mostra e garras afiadas.

Vejo um céu cinzento por cima das casas altas, torres e edifícios
Anjos demoníacos sedentos por almas abandonadas, observam com entusiasmo os seus mortais vícios
Pessoas e crianças que perambulam pelos becos escuros com seus corpos magros e finos.
Surgem agora dezenas de demônios com rabos pontiagudos e tridentes em suas deformadas mãos
Emitem sorrisos malignos e mastigam os seres mais fracos que por ali estão.
Cuspindo os ossos logo em seguida, e esbravejando raivosamente que eram os seus destinos.

Vejo um céu cinzento por cima das casas altas, torres e edifícios
Todas as esquinas queimam em fogo intenso, pois o bem foi derrotado e do amor e alegria não há resquícios
Quando de repente o chão se abre, e ouvem-se gritos fortes de socorro por desesperados subalternos
As mulheres, homens e crianças estão em estado deplorável e sem o mínimo de forças para reagir
Nem conseguem enxergar por causa dos olhos arrancados, mas ainda ouvem o estrondoso e horripilante sorrir
Do ser de três cabeças e doze membros. O habitante maior do subterrâneo. O deus supremo do inferno!
                                                   http://alexmenegueli.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário