terça-feira, junho 26, 2012

FARTO DE TUDO ISSO (29/04/2012)


Desconexas e complexas, as palavras que há anos ouço
Não tolero mais infâmias, e desdenhos irracionais
As intrigas me enojam, se afoguem no velho poço
Profanos e insensatos, se percam nos vendavais.

Religiosos aproveitadores, afoguem-se em suas mentiras
Assassinos sem coração, abracem a enfática morte
Racistas e homofóbicos, sejam devorados por nossa ira!
Invejosos filhos da puta! Explodam ao sul, ao norte...

Hipócritas covardes, sejam sinceros e não meros atores
Empresários gananciosos, não se aproveitem dos leigos carentes
Pedófilos camuflados em batinas, mostrem a cara aos seus seguidores
Burgueses sem alma e pudor, morram na boca de mil serpentes!
Desconexas e complexas, as palavras que há anos ouço
Não tolero mais infâmias, e desdenhos irracionais
As intrigas me enojam, se afoguem no velho poço
Profanos e insensatos, se percam nos vendavais.

Religiosos aproveitadores, afoguem-se em suas mentiras
Assassinos sem coração, abracem a enfática morte
Racistas e homofóbicos, sejam devorados por nossa ira!
Invejosos filhos da puta! Explodam ao sul, ao norte...

Hipócritas covardes, sejam sinceros e não meros atores
Empresários gananciosos, não se aproveitem dos leigos carentes
Pedófilos camuflados em batinas, mostrem a cara aos seus seguidores
Burgueses sem alma e pudor, morram na boca de mil serpentes!

Governo sem misericórdia, de atitude suspeita, intransparente
Milhões dispersos ao esmo, em nome da visibilidade e progresso!
Uma vergonha de proporções gigantescas, a esperança vive doente
E as famílias seguem hasteando a bandeira da desordem e regresso.                                   http://alexmenegueli.blogspot.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário