segunda-feira, junho 25, 2012

ALMA-GÊMEA (06/06/04)

 As glórias são tantas em dias confusos
A vontade de viver é real e constante
O algo a mais que me envolve faz sentir-me liberto
De todos os males que carrego de um passado irrelevante.

O mundo criou cores com a beleza de tua chegada
Em minha vida se instalou para nunca mais sair
As paredes de meu quarto são azuis de madrugada
Quando sem sono escrevo as palavras sem mentir.

Aos meus olhos tudo é nítido e se torna bem mais claro
Com esforço eu encontrei a alma-gêmea desejada
E toda hora à noite sem cansar eu me deparo
Com o orgulho de minha vida,meu caminho,minha estrada.

Tudo brilha ao meu redor quando a vejo em minha frente
E não mais me sinto só,porque sei que mora em mim
O que guardo em meu peito sentirei eternamente
Os poemas nunca cessam,pois o amor nunca tem fim.
    Alexsandro Menegueli Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário